Comércio Hoteleiro
EMPREGADOS NO COMÉRCIO HOTELEIRO, RESTAURANTES, BARES E SIMILARES

 

  • Em 1° de março de 2018,  reajuste de 2,20% (dois virgula vinte por cento), aplicáveis sobre os salários resultantes da  última Convenção Coletiva (março/2017).

 

  
REAJUSTE PROPORCIONAL À DATA DE INGRESSO NA EMPRESA
 
ADMISSÃO
PERCENTUAL
Março/2017
2,20%
Abril/2017
2,02%
Maio/2017
1,83%
Junho/2017
1,65%
Julho/2017
1,47%
Agosto/2017
1,28%
Setembro/2017
1,10%
Outubro/2017
0,92%
Novembro/2017
0,73%
Dezembro/2017
0,55%
Janeiro/2018
0,37%
Fevereiro/2018
0,18%
 
 

 

SALÁRIOS NORMATIVOS - A PARTIR DE 1º DE MARÇO/18

Ingresso (90 dias): R$ 1.108,80  equivalente à R$ 5,04 por hora.

Obs.: Os empregados que já possuam experiência de 6 meses na mesma função em outra empresa da categoria, entram direto com o normativo geral.

Normativo Mínimo Geral: R$ 1.196,80 equivalente à R$ 5,44 por hora.
Estes valores são para uma jornada mensal de 220 horas. Se a jornada for inferior, o salário será proporcional.

 

 

 

 

 Normativo após 15 meses de trabalho:

Para os empregados que possuírem ou vierem a completar, na vigência da presente Convenção Coletiva, 15 meses de trabalho na empresa (90 dias da experiência e 12 meses do salário normativo mínimo), passará a ser devido o salário normativo de R$ 1.223,20 (mil, duzentos e vinte e três reais e vinte centavos) mensais, equivalente a R$ 5,56 (cinco reais e cinquenta e seis centavos) por hora, formando base para eventual procedimento coletivo futuro.

 

PAGAMENTO DE SALÁRIOS EM SEXTA-FEIRA:

Salários e verbas rescisórias, se pagos em sextas-feiras ou véspera de feriados, deve ser em dinheiro ou mediante depósito liberado em conta bancária.

ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO - TRIÊNIO:

A cada 3 anos de trabalho na mesma empresa, ainda que descontínuos,  o trabalhador tem direito a receber o adicional por tempo de serviço – TRIÊNIOno percentual de 5% (cinco por cento) do salário percebido, até o limite de 3 (três) triênios. O adicional é devido,  inclusive,  em férias,  13º salário e aviso prévio. O quinquênio foi extinto na data de 1º de março de 2011

ESTABILIDADES

Gestante: garantia de emprego na gestação e até 90 (noventa) dias após o retorno da licença maternidade.


Retorno de Benefício por auxílio-doença: garantia de emprego de 30 (trinta) dias a partir do retorno ao trabalho.


Retorno de Benefício Acidente de Trabalho: Conforme Lei Federal – 12 meses após retorno.


Vésperas da Aposentadoria: Quando estiver faltando 12 meses para a aposentadoria, o trabalhador com mais de 8 anos de empresa terá direito à garantia de emprego neste período.


Para isso, é preciso:


- Comunicar à empresa, por escrito, o início do período de 12 meses que falta para aposentar-se por tempo de serviço ou por idade;


- A garantia só pode ser solicitada uma vez, sendo que se o trabalhador não se aposentar no fim do período de 12 meses, a garantia terá encerrado.

ADICIONAL DE HORAS EXTRAS

50% as duas primeiras e 75% as excedentes.
A jornada de trabalho diária, para os que trabalham de segunda a sábado, é de 7 horas e 20 minutos. Após este horário, considera-se hora extra.

ATESTADOS MÉDICOS

Todo trabalhador tem o direito a tratar de sua saúde. Para isso, as empresas deverão reconhecer os atestados médicos e odontológicos fornecidos por médicos ou dentistas conveniados com o Sindicato e com órgãos de assistência médica e previdenciária.Os atestados emitidos por Planos de Saúde deverão ser abonados pelo médico da empresa, quando houver.

AUXÍLIO FUNERAL

As empresas que não tenham seguro de vida pagarão aos dependentes legais de empregado que venha a falecer, o equivalente a 2 salários normativos mínimos da categoria profissional.

Cadastre-se em nossa newsletter e receba notícias e novidades sobre o sindicato e os direitos do trabalhador.
Contribuições
Mulher
Trabalhadora

Rua do Guia Lopes, 333 - Bairro Centro - CEP 95020-390 - Caxias do Sul - RS - Fone: (54) 3221.8552